As Casas Astrológicas

Quando olhamos o desenho de um Mapa Astral, uma das primeiras características que observamos é que ele é dividido em doze setores, lembrando uma pizza. Esses setores são justamente as casas astrológicas, que representam várias áreas da nossa vida como trabalho, relacionamentos, finanças, família. Elas são contadas a partir da linha do ascendente, que é a linha do horizonte e não têm, necessariamente, tamanhos iguais. Podem ser maiores ou menores, dependendo da latitude em que a pessoa nasceu e também da época do ano. Mas sempre são doze, assim como os signos. 

Cada casa astrológica possui em seu interior signos e planetas, que variam de acordo com a hora e local de nascimento de cada indivíduo.  Entender como funcionam as casas astrológicas e seus significados é fundamental na astrologia. Elas são o cenário onde nossa história é contada e é justamente o seu conteúdo – os planetas e signos que a compõem – que vão nos dizer a forma como reagimos aos mais diversos aspectos da vida, como canalizamos nossas energias e os pontos que precisamos desenvolver ao longo da nossa jornada. 

Quer entender a interpretação das casas astrológicas no seu mapa astral?

A importância das casas astrológicas

Para descobrir suas casas astrológicas é preciso fazer um Mapa Natal, que é o retrato do céu no exato momento em que você nasceu. Para esse cálculo, que pode ser feito em sites ou diretamente com um astrólogo, é fundamental ter as informações exatas sobre local e hora de nascimento. Caso esses dados estejam errados, todo o Mapa pode ficar comprometido, principalmente a análise das casas. 

Em um primeiro momento, pode parecer confuso entender a combinação de casas astrológicas, signos, planetas e como cada um atua e se relaciona. Para facilitar, vamos imaginar que os planetas são os corpos que emanam a energia, os signos representam a forma que essa energia flui e a casa astrológica é o local onde tudo isso se manifesta. É na casa que o indivíduo vai adquirindo conhecimento sobre a própria vida e pondo em prática as forças representadas pelos signos. 

Quer aprender ainda mais sobre as Casas Astrológicas? Confira o vídeo abaixo:

Entendendo como as casas atuam

É comum também encontrarmos casas astrológicas sem nenhum planeta. Isso não significa algo ruim ou que aquela área da vida não será satisfatória. Nesses casos, deve-se analisar a casa de acordo com a energia do signo mais próximo à sua linha de início, também chamada de cúspide.   

Podemos estabelecer a diferença entre signos e casas como energia e realização, respectivamente. Vamos imaginar uma pessoa que possui um signo pragmático como Virgem, do elemento Terra, em uma casa astrológica que fale de trabalho. Provavelmente ela será organizada, disciplinada e racional na hora de produzir seu trabalho e ao planejar sua vida profissional. 

Agora vamos utilizar um outro exemplo: uma pessoa que possui Marte na oitava casa. Marte é o planeta associado à força e à coragem, ao passo que a oitava casa nos fala da nossa capacidade de transformação. Dessa forma, quem nasceu sob esse aspecto provavelmente sente-se muito motivado sempre que há um novo desafio em sua vida. É a energia iniciadora de Marte associada ao aspecto de transformação representado pela casa 8.

O significado das casas astrológicas 

Do mesmo modo que os planetas estão ligados aos signos, as 12 casas astrológicas também estão diretamente relacionadas a eles. A casa 1 corresponde à Áries, o primeiro signo do zodíaco. A casa 2 corresponde a Touro, o segundo signo e assim sucessivamente, até chegarmos na casa 12 e no signo de Peixes, o último da lista. Porém, é importante reforçar que, embora tenham semelhanças, signos e casas são coisas bem diferentes. 

Confira abaixo um breve resumo sobre as casas astrológicas e seus significados: 

Casa 1 

Signo associado: Áries

Simboliza nossa autoimagem, bem-estar físico, infância, iniciativa. 

Casa 2

Signo associado: Touro

Simboliza os bens pessoais, recursos, finanças, talentos. 

Casa 3

Signo associado: Gêmeos

Simboliza convívio social, aprendizados, forma de comunicação. 

Casa 4 

Signo associado: Câncer

Simboliza família e ancestralidades, raízes, passado. 

Casa 5

Signo associado: Leão

Simboliza paixão, autoestima, lazer e criatividade.

Casa 6

Signo associado: Virgem

Simboliza rotina, ambiente de trabalho, saúde. 

Casa 7

Signo associado: Libra

Simboliza casamento, parcerias, associações. 

Casa 8

Signo associado: Escorpião

Simboliza assuntos tabus como separações, morte, herança. 

Casa 9

Signo associado: Sagitário 

Simboliza estudos acadêmicos, filosofia, religião. 

Casa 10

Signo associado: Capricórnio

Simboliza carreira, ambição, reconhecimento, realizações.

Casa 11

Signo associado: Aquário 

Simboliza amigos, cooperação, ações sociais. 

Casa 12 

Signo associado: Peixes 

Simboliza experiências místicas, medos, espiritualidade. 

A análise completa do Mapa Astral, com a interpretação das casas astrológicas, signos, planetas, elementos e a forma como todos eles interagem entre si, é fundamental para nossa jornada rumo ao autoconhecimento. Ele traz informações sobre sua personalidade, possibilidades e desafios e é uma ferramenta que nos possibilita refletir sobre decisões e escolhas que teremos ao longo da vida.