Data: De 23 de outubro a 21 de novembro

Planeta regente: Plutão e Marte

Elemento: Água 

Qualidade: Fixa

Símbolo: Escorpião

Regido por Plutão, deus que guardava as riquezas do subsolo, senhor das profundezas, Escorpião simboliza os mistérios, as regiões obscuras da natureza, os sentimentos que guardamos de forma mais profunda e nosso poder de transformação e regeneração.  É o signo que simboliza o processo de criação, degeneração, morte e renascimento. Tudo é finito. As coisas surgem, perduram, até que morrem e aí se transformam, ressurgindo. Escorpião compreende como ninguém esse ciclo e por isso gostam de aproveitar tudo intensamente e com uma mentalidade desapegada. 

Existe um certo estigma em torno do signo de Escorpião, pois ele trata de assuntos tabus como morte e sexo, que falam diretamente com a vida. A morte é o fim de algo e o início do seu processo de transformação e renascimento. É a transmutação da matéria, que vira energia. Já a sexualidade é a potência que mantém a corrente cíclica. É o sexo que gera a vida, é ele que nos permite viver. 

Misteriosos e intensos, os escorpianos possuem grande capacidade de ler nas entrelinhas, ouvir o que não é dito, desnudando a alma alheia com apenas um olhar. Nada superficial interessa. Quanto mais abaixo da superfície, melhor. Daí sua capacidade investigativa e a apreciação pelos mistérios. Ao remexer o que se oculta nas esferas inferiores, o escorpião transmuta, purifica e reorganiza a realidade. Ele “cutuca a ferida”, expõe o que está escondido e dolorido, para ao final, curar. 

Seu maior poder é a capacidade de reinventar-se e renascer frente à qualquer situação, como uma espécie de fênix que renasce das cinzas ainda mais forte.  É um signo que fala da desconstrução dos velhos valores para o surgimento de novos. A transformação está em tudo que Escorpião toca. 

Apesar de ser do elemento Água e assim contar com muita sensibilidade, Escorpião possui o fogo de Marte, planeta que também o rege. É um signo que sabe lutar, porém sua raiva é lenta, daí ser visto muitas vezes como vingativo. No corpo humano rege o intestino grosso e os órgãos sexuais. Seu signo oposto é Touro, associado à ternura, ao cuidado e à preservação, aspectos que os escorpianos precisam desenvolver com mais carinho. 

ASCENDENTE EM ESCORPIÃO 

Podemos dizer que o ascendente é um dos quatro pilares que sustentam a construção da nossa identidade. Ele simboliza o modo como nos expressamos e como nos auto afirmamos. Para quem tem ascendente em Escorpião, tudo é visto com muita profundidade e intensidade. 

Em um primeiro momento esses nativos podem parecer mais quietos e misteriosos, observadores.   Seu olhar tem o poder de penetrar onde ninguém consegue e revelar coisas que muitas vezes gostaríamos de manter escondidas. Sabem ler nas entrelinhas, ouvir o que não é falado e por isso tem a fama de serem bons investigadores. Porém, apesar de conseguirem revelar os mistérios dos outros, sabem se proteger, dizendo muito pouco sobre si. 

Como um signo de Água, são marcados por uma sensibilidade profunda. Esses nativos costumam ter um olhar desprendido de si e do mundo, pois sabem da finitude das coisas. Sendo assim, gostam de viver intensamente, pois reconhecem que sua condição é de impermanência. 

 

LUA EM ESCORPIÃO

Em um Mapa Astral, a Lua indica a forma como, emocionalmente, lidamos com a vida. Nossos afetos, história, memórias e sensibilidade. Pois a Lua em Escorpião transborda em sentimentos. São pessoas que vivem suas emoções de forma profunda, intensa e transformadora.

Gostam de mergulhar nos confins da alma humana, encarando os mais densos sentimentos. O convívio com outras pessoas é importante para transformar a elas e ao outro. Tocam na ferida, incomodam, mas dessa forma conseguem muitas vezes curar o que estava doente. 

Embora consigam transmutar a dor, não esquecem facilmente aquilo que lhe feriu. Carregam as mágoas e lembranças de forma muito grande e então explodem. A partir daí zeram a página, como uma espécie de fênix emocional e seguem a vida como se nada tivesse acontecido. 

ESCORPIÃO NO AMOR 

Escorpião no amor é muito profundo. São densos na entrega, no envolvimento e nos encontros. É um signo que trata do processo de morte e renascimento, e por isso o sexo, ato gerador de vida, está diretamente associado a ele. A sexualidade é algo que o mantém vivo. 

Por ter consciência da finitude das coisas, o escorpiano pode ter uma forma muito intensa de viver a vida e também suas paixões, afinal, tudo acaba um dia. Prezam pelo aqui e agora. Porém, essa mesma percepção de que tudo tem fim pode despertar, de forma inconsciente, uma certa insegurança nestes nativos. 

À semelhança do animal escorpião, que se ferroa diante de uma ameaça, os escorpianos podem ser autodestrutivos quando se sentem ameaçados e podem colocar tudo a perder. Por isso, se você se relaciona com alguém de Escorpião, mostre que está ali com ele vivendo o presente, se entregando àquela relação. 

POTÊNCIAS DE ESCORPIÃO NO TRABALHO 

Como um signo do elemento Água, Escorpião tende a ter um olhar mais sensível para tudo à sua volta, além de ser intuitivo e criativo. São pessoas que contam com mais facilidade de perceber a realidade por trás do óbvio e por isso podem ter facilidade em lidar com pessoas, em profissões onde acessem o sentimento do outro. 

Sua aptidão em se aprofundar nos mistérios da vida também pode favorecer atividades que reúnam pesquisas, estudos e investigações.  Obstinados e dedicados, gostam de lidar com situações desafiadoras e não fogem quando testados. Não têm medo do novo, portanto estão dispostos a desafios e até certos riscos. 

Observadores e misteriosos, podem ser mais reservados em suas relações com os colegas de trabalho. 

Faça sua MANDALA ASTROLÓGICA de forma gratuita aqui no site. E, se preferir, você também pode encomendar o seu MAPA ASTRAL DIGITALIZADO, com 20 páginas de conteúdo sobre você e para você, de forma exclusiva.