Entrar

No conteúdo de hoje, vamos entender melhor o que significa Plutão no Mapa Astral. Já sabemos que a energia de cada um dos planetas do nosso sistema solar nos ajuda a potencializar a nossa personalidade e a nossa maneira de ser e atuar no mundo. Cada um deles influencia o movimento das nossas vidas de acordo com seu ritmo de rotação ao redor do Sol.

Na Astrologia, enquanto Sol e Lua representam a nossa força vital e os demais planetas e pontos especiais trazem energias complementares para o mapa natal. Hoje, o nosso encontro é com Plutão, o último planeta do Sistema Solar e o mais distante do Sol.

Relacionada com a regeneração e a cura, a energia de Plutão está associada ao nosso inconsciente e às transformações mais profundas do nosso ser. É onde temos Plutão que a vida assume um novo valor após experiências de dor e sofrimento.

Ainda não sabe onde está Plutão no seu mapa de nascimento? Faça seu Mapa Astral Grátis e receba a sua mandala personalizada.

Plutão: Transmutação e Poder

Plutão é o regente do signo de Escorpião e representa a força criadora. Ele é o “vulcão” do mapa, capaz de entrar em erupção quando menos se espera. Sendo assim, as transformações decorrentes das “mortes e renascimentos” que vivenciamos ao longo da vida estão associadas a ele. Na mitologia, Plutão é o deus das trevas, que reina soberano no mundo dos mortos.

Uma das representações mais famosas de Plutão é a Fênix, a ave que tem o poder de renascer das cinzas. Seu simbolismo mostra que tudo é impermanente. Desse modo, representa o desapego do que é desnecessário para o nosso desenvolvimento pessoal, o processo de mexer na ferida que causa dor e cura. É uma força que destrói e, ao mesmo tempo, regenera.

Dessa forma, é onde temos Plutão que a vida assume um novo valor, assim como o desabrochar de uma semente. É a metamorfose, a força radioativa que mata e cura, provocando mudanças profundas.

O que significa Plutão no Mapa Astral

O posicionamento de Plutão no mapa de nascimento indica a área que passa constantemente por “limpezas” e onde estão as nossas maiores transformações. Nela, aprendemos sobre o desapego e descobrimos novos valores ao abrirmos mão daqueles que não nos servem mais.

Por outro lado, Plutão também trata de tudo que em nós é destrutivo, das nossas intolerâncias e do excessivo exercício do poder. Com ele, devemos aprender a controlar nossos impulsos mais sombrios.

Temas tratados por Plutão:

  • desintegração e transmutação
  • profundidade e inconsciência
  • cura e regeneração
  • morte e renascimento
  • mistério
  • obsessão
  • magnetismo
  • poder

O signo e a casa de Plutão funcionam como catalisadores que provocam o surgimento de forças para além do controle. Isso normalmente acontece quando se chega a situações-limite, decorrentes da inércia e da acomodação. No desespero, é ele que vai apresentar os recursos necessários para suportarmos o pavor.

Através dos planetas e casas envolvidos com Plutão, morremos para os velhos padrões de vida e renascemos totalmente modificados. Ele desperta a necessidade de eliminar o que é nocivo a nós mesmos ou aos demais e, a partir disso, construir novos valores.

De rotação mais lenta, o astro leva cerca de 249 anos para dar uma volta completa em torno do Sol e permanece de 14 a 20 anos em um signo, aproximadamente. Por esse motivo, ele é conhecido como um planeta geracional, que nos fala mais dos efeitos coletivos de uma geração do que da esfera individual.

A seguir, veja como a energia de Plutão se manifesta nos signos e nas casas.

Assista: Os planetas geracionais

Plutão nos signos

Áries

Este posicionamento representa a competição e a vontade de liderança. São pessoas que apreciam o poder e têm muita disposição para superar os desafios trazidos pelas mudanças da vida.

Touro

Aqui, os indivíduos aprendem com o desapego. Costumam ser pessoas focadas e comprometidas com as suas realizações.

Gêmeos

Esta combinação representa uma facilidade maior para lidar com as mudanças que se impõem ao longo da vida. Costumam ser pessoas mais flexíveis e dispostas a usar o poder da comunicação a seu favor.

Câncer

Configuração que sinaliza um maior apego à sensação de segurança trazida por amigos próximos e familiares. Aqui, o passado tem um peso importante na vida dos indivíduos.

Leão

Costumam ser pessoas com um forte magnetismo pessoal, fiéis às suas convicções e que podem tender ao individualismo. Esta combinação favorece a criatividade e a flexibilidade para lidar com mudanças.

Virgem

Podem ser pessoas que conseguem gerir bem as mudanças que enfrentam na vida, justamente por terem uma forma mais prática e objetiva de lidar com os desafios. A estrutura vigente sempre pode ser revisada e melhorada.

Libra

Posicionamento que ressalta a necessidade de lutar por uma realidade mais justa e harmônica para todos. Sinaliza ainda a quebra de alguns tabus nas questões que envolvem os relacionamentos.

Escorpião

Esta posição traz à tona o que a sociedade mantinha oculto sobre preconceitos sexuais e relações de poder, para que sejam questionados e reformulados. Surge a necessidade de falar sobre assuntos considerados proibidos, até então.

Sagitário

Estes nativos tendem a lutar para encontrar novas saídas e soluções, não se acomodando diante da vida. São pessoas que possuem uma forma original de ver o mundo.

Capricórnio

Aqui, o sistema vigente e o patriarcado são questionados e colocados à prova. Esses indivíduos sentem uma necessidade maior de reorganizar as formas de poder existentes.

Aquário

Esta é uma combinação que reforça a necessidade de mudanças no campo social e político, apontando para uma reestruturação da sociedade. O senso de urgência é orientado para a transformação do coletivo.

Peixes

Esta configuração permite que os sentimentos mais profundos sejam transmutados, o que viabiliza a cura e a evolução.

Assista também: Plutão – Transformação e renascimento

Plutão nas casas astrológicas

Casa 1

A tendência daqueles que nasceram sob este aspecto é a de se identificarem com o insondável e o obscuro. Uma das suas forças mais poderosas é a intuição.

Casa 2

Esta é uma combinação de valores antagônicos, fazendo com que desapego e segurança caminhem juntos. Com frequentes mudanças de valores, ora podem ter muito, ora pode faltar recursos.

Casa 3

Indivíduos com essa configuração tendem a ser muito curiosos com os mistérios. Diante de polêmicas, podem ser capazes de transformar conceitos ultrapassados em ideias inovadoras.

Casa 4

Estas pessoas costumam carregar no histórico familiar as marcas da mudança e, por isso, suas referências não são estáveis e dificilmente se repetem. Podem ter dificuldades em reconhecer o afeto.

Casa 5

Aqueles que nasceram com essa configuração vivem e expressam impulsos emocionais com muita intensidade. Amar é sinônimo de desconstrução dos padrões repetitivos das relações. Além disso, a criatividade promove experiências transformadoras.

Casa 6

Estas pessoas encaram toda e qualquer atividade produtiva com vigor e obstinação. A monotonia do dia a dia incomoda e sua capacidade de regeneração pode ser fantástica.

Casa 7

Pessoas com esta combinação não conseguem manter um relacionamento sem a adrenalina da mudança, ainda que possam aceitar o outro como ele é. Também são capazes de se transformar profundamente para conquistar o afeto da pessoa amada.

Casa 8

Estes nativos estão constantemente submetidos a pressões internas responsáveis por transformações. No desconforto, não medem esforços para extrair forças capazes de gerar transformações.

Casa 9

A experiência com o saber é transformadora para estes indivíduos. Com eles, não há assunto que possa esgotar, por isso possuem habilidade magistral nos estudos e nas pesquisas.

Casa 10

São pessoas com espírito contestador, intolerante e transformador, tendências que marcam a vida com desconstruções e reconstruções. Costumam sair da vida social para se reinventar e arriscar novos caminhos.

Casa 11

Aqui, os nativos têm a capacidade de fazer transformações profundas do seu jeito de ser e de ver o mundo, a partir do convívio com os outros. Quando compreendem as diferenças sociais, também se sentem fortalecidos para afirmar a sua própria diferença.

Casa 12

A busca por riquezas escondidas nas profundezas da alma é a força cirúrgica das transformações para aqueles que nasceram com esta configuração. Costumam agir com sangue-frio em situações-limite.

O redentor

Por fim, Plutão é escuridão e, ao mesmo tempo, luz interior. É presença na falta, é afirmação na negação. Portanto, tudo o que se relaciona com esse planeta está sujeito a transformações e purificação.

Desse modo, Plutão é como um cirurgião intervindo e fazendo os cortes necessários para curar e regenerar, o que, evidentemente, provoca dor. Onde ele se encontra, remexemos e raspamos as partes mais profundas da alma, descobrindo, assim, a chave alquímica da redenção.

Agora que você já conhece mais sobre a energia e o que significa Plutão no Mapa Astral, encomende o seu Mapa Astral Completo.

Encomende o seu Mapa Astral Completo

E se você pudesse conhecer e compreender melhor as suas potências e desafios, podendo explorar seus talentos e desenvolver aspectos não tão fluentes da sua personalidade? O seu Mapa Astral traz tudo isso e muito mais...

Destaques do Blog

Ver todos