Entrar

Muita gente fala de Inferno Astral, discute o que é, quanto tempo dura e como é o inferno astral de cada signo. No imaginário popular, ele já é visto como aquele período que precede o nosso aniversário no qual tudo dá errado ao mesmo tempo. Porém, apesar de muito disseminado, a verdade é que, para a astrologia, esse conceito de Inferno Astral não existe.

Mas então, como explicar a tendência para aquela tensão pré-aniversário, que de fato pode mesmo parecer com o que seria um inferno astral? Apesar de cada ano da nossa vida ser diferente do outro, com a influência de trânsitos astrológicos distintos em cada um, pode haver, sim, uma outra explicação astrológica para essa tensão: a Revolução Solar!

Então, mesmo que o mês que precede um aniversário em determinado ano tenha trânsitos muito favoráveis e o de outro ano seja muito desafiador, o período pré-aniversário pode trazer por si aquela sensação de acúmulo de desafios e frustrações, já que cada Revolução Solar — ou seja, cada novo ano marcado pelo nosso aniversário — traz “tarefinhas” específicas.

Neste artigo, eu vou te explicar direitinho como isso funciona. Mas, antes de seguirmos, que tal conferir uma interpretação especial para o seu signo e para o seu ascendente com o Mapa Astral Grátis? Acesse aqui

Assista também ao vídeo: Inferno Astral existe?

O mês antes do aniversário

Para começar, devemos lembrar que o céu nunca é o mesmo, ele se modifica desde o momento em que nascemos, o que representa nossa constante evolução. Os trânsitos e progressões são os principais disparadores de eventos marcantes sinalizados pelo mapa de uma pessoa, e eles acontecem independentemente da época do ano. Entretanto, o último mês antes do aniversário simboliza o fechamento de um ciclo e é isso que vamos explicar a seguir.

Pela astrologia, todos contamos com um ano novo pessoal, que começa justamente quando fazemos aniversário. Essa data simboliza um ciclo que se renova, com doze meses pela frente, a partir do nosso próprio Mapa Astral. E esse período pode ser uma chance de renascimento, de novas vivências e aprendizados. É a chamada Revolução Solar.

Dessa forma, pode ser natural que, ao final desse ciclo, ou seja, justamente perto do nosso aniversário, a gente esteja um pouco mais cansado ou até mesmo reflexivo, analisando tudo que passamos no último ano. E isso pode ser, de fato, um momento mais desafiador.

Todo ciclo que se encerra gera mudanças. E a forma como encaramos isso é que, muitas vezes, define se algo é positivo ou negativo. Muitas vezes, as coisas só dependem do nosso olhar. Assim, o período que antecede o aniversário nada mais é do que uma representação do encerramento de um ciclo para o nascimento de outro.

Cada mês do ano pessoal, um ensinamento

Astrologicamente, cada mês do ano, a partir do aniversário, pode ser representado por uma fase do ano novo pessoal. E o último mês desse ano pessoal seria o momento da conclusão, que pode ser vivido de uma maneira mais reflexiva, de avaliação.

É o momento propício para um balanço da vida, para “arrumar a casa” pensando no próximo ciclo que vai começar em breve. Com a correria da vida, a pressão em que vivemos diariamente e as distrações que cruzam nosso caminho, nem sempre conseguimos fazer essa pausa. E é justamente isso que pode resultar em uma sensação de esgotamento e, consequentemente, de que tudo está dando errado.

Como evitar a tensão de fim do ciclo

Como já antecipamos no início do texto, o inferno astral, de fato, não existe. O céu muda a cada instante, nos proporcionando a possibilidade de evolução. Os trânsitos astrológicos acontecem ao longo de toda a nossa vida, alguns mais favoráveis, outros mais desafiadores, o que pode acabar acontecendo próximo ao aniversário, mas isso não está atrelado à data.

Porém, como a chegada do final do ano pessoal pode mesmo trazer energias mais desafiadoras, também de acordo com a forma que cada pessoa lida com o fim de um ciclo, a dica aqui é aproveitar o último mês da Revolução Solar, ou seja, um mês antes do aniversário, para fazer uma avaliação do último ano.

Mas lembre-se: pegar mais leve consigo mesmo pode te ajudar a lidar melhor com o enceramento do seu ano pessoa. Portanto, busque pegar mais leve com as autocobranças.

Confira algumas frases-chave para lidar melhor com o mês antes do seu aniversário:

  • Seja mais gentil com você;
  • Faça um balanço dos meses que se passaram;
  • Relembre e celebre suas conquistas;
  • Separe algum momento no dia, mesmo que breve, para a sua reflexão;
  • Agradeça pelos ensinamentos e aprendizados;
  • Fique mais recluso quando sentir necessidade.

Nada disso deve ser um peso. O que foi conquistado é uma vitória. O que não foi continuará nos objetivos do próximo ano, se ainda fizer sentido. Assim, você vai se preparar para receber novas energias e, pós-aniversário, correr atrás dos propósitos do novo ano. 

Inferno Astral ou a Casa 12 do mapa?

Desde o momento do seu nascimento, a cada mês, o Sol passa por uma Casa do seu mapa astral, trazendo à tona assuntos específicos de cada casa. Por exemplo, de passagem pela Casa 6, ele pode ativar assuntos relacionados à rotina, à saúde e ao cotidiano.

No ano pessoal, considerando o seu mapa de Revolução Solar, ao passar pela Casa 12, que representa o mês que antecede o aniversário, o Sol pode deixar mais visíveis temas como solidão, medo e questões espirituais, que estão relacionados à essa área do mapa. Porém, o ciclo do Sol é bem sutil e essa passagem não é algo tão marcante a ponto de transformar sua vida em um paraíso ou inferno. 

Todo fechamento de processos gera mudanças e isso pode ser positivo ou negativo, depende da forma como lidamos. O mês que antecede o aniversário é justamente uma representação de um ciclo que se encerra para o nascimento de outro, é um processo de vida, morte e vida. 

A Revolução Solar 

Esse renascimento anual é conhecido como Revolução Solar. O mapa da Revolução Solar é feito anualmente, com base no momento em que o Sol em trânsito retorna à mesma posição em que ele estava no dia e hora em que nascemos, ou seja, um mapa de aniversário. Ele revela tendências para o nosso próximo ano, incluindo pontos que devem ser trabalhados ao longo dos doze meses em um processo de evolução e autoconhecimento. 

A diferença entre Mapa Astral e Mapa de Revolução Solar

É importante entender a diferença entre o Mapa Astral e o mapa da Revolução Solar. O primeiro é a representação gráfica de como os astros estavam no exato momento em que nascemos. Ele reúne qualidades e características que precisam ser trabalhadas ao longo da vida, desafios, os traços da personalidade, a forma como a pessoa lida com sua família, seu trabalho, seus amores. É um mapa abrangente e uma importante ferramenta de autoconhecimento. 

Já o mapa criado a partir da Revolução Solar é diferente a cada ano, justamente por que esse retorno do Sol pode acontecer a qualquer hora do dia. Ele atua como um indicativo do ano de cada pessoa, reunindo oportunidades e desafios que iremos encontrar pela frente. Dessa forma, pode ser um instrumento para aproveitarmos melhor as energias do ano, trabalharmos de forma mais focada e produtiva em nossas carências, conduzindo assim nosso processo de crescimento e evolução. 

Baseado nessa técnica, o mês que antecede o aniversário, por ser o último do ciclo, se propõe a ser um momento de balanço, de avaliação do que passou, por isso remete à reflexão e ao recolhimento. Com a correria da vida, a pressão em que vivemos diariamente e distrações que cruzam nosso caminho, muitas vezes não conseguimos fazer essa pausa, o que pode resultar em uma sensação de esgotamento e consequentemente, de que tudo está dando errado. 

A Astrologia é um importante recurso que pode te ajudar a descobrir onde mora seu poder de realização, a perceber os ciclos da vida e como lidar melhor com eles, reconhecendo suas qualidades e desafios e aproveitando suas potências. Quer saber mais sobre você mesmo? Encomende agora o seu Mapa Astral Digitalizado.

Encomende o seu Mapa Astral Completo

E se você pudesse conhecer e compreender melhor as suas potências e desafios, podendo explorar seus talentos e desenvolver aspectos não tão fluentes da sua personalidade? O seu Mapa Astral traz tudo isso e muito mais...

Destaques do Blog

Ver todos