A casa 4 na Astrologia

A Casa 4 é aquela que nos fala de origem, família, raízes, ancestralidade. Ela é determinante na interpretação da estrutura que sustenta o que somos e reúne as referências de criação que tivemos na infância e nos conduzem ao longo da vida, para desenvolvermos uma individualidade saudável. Associada ao signo de Câncer, que tem como regente a Lua, a Casa 4 indica onde apoiamos os pés e nos sentimos seguros. 

Ainda criança, o amor e cuidado que recebemos de nossa família é fundamental para a construção do que somos, para termos referências seguras ao buscarmos trilhar nosso próprio caminho conforme crescemos. A quarta casa nos fala desse alimento para o lado emocional. A sensação de pertencer a um lar, de ser cuidado, acolhido, nossas memórias de infância e como elas influenciam em nossas escolhas já na fase adulta. 

Analisar a Casa 4 do mapa astral é entender a relação que temos com a nossa casa e onde nos sentimos seguros, não só no aspecto palpável, mas também emocionalmente.  Que tal entender melhor o lugar e a forma que você escolheu morar?

Para saber se cuidar é preciso se conhecer. Confira também esse vídeo em nosso canal do YouTube:

Principais Temas da Casa 4

A Casa 4 simboliza o que temos de mais profundo e íntimo, é o nosso Fundo do Céu. Nela encontramos as experiências vividas em família, as relações onde depositamos nossa confiança. Ela nos fala também das nossas origens culturais, que influenciam nossa formação como indivíduo.  O quanto fomos afetados por essa origem, se a valorizamos, a acolhemos ou tentamos negá-la. 

Além de representar nossa família e o conceito de lar, que é o emocional, a Casa 4 também simboliza a nossa casa de fato, o local palpável, onde escolhemos morar e a forma que moramos. Uma casa mais moderna, arejada, de espaços abertos ou um local mais acolhedor, cheio de memórias? Essas preferências podem ser respondidas a partir da análise dessa área do Mapa Astral do indivíduo.

O que vivemos na infância pode deixar marcas profundas, que carregamos ao longo da vida ou podemos ter mais facilidade em lidar com o passado e simplesmente seguir em frente, independente do que já foi vivido. Por isso, a Casa 4 é um setor muito importante de um Mapa Astral, afinal nós somos o resultado de nossas vivências. Ela pode representar uma base consistente e segura ou um local de inconstância e inseguranças, onde lidamos com nossos medos.  

A análise da Casa 4 nos revela a forma como vemos nossos pais, o relacionamento que temos com nossos familiares próximos, como valorizamos ou escondemos as nossas origens e já na vida adulta, os hábitos que cultivamos, como construímos nossa própria família, a relação que temos com a nossa casa e onde nos sentimos seguros, não só no aspecto palpável, mas também emocionalmente. 

Planetas e a Casa 4

Sol na Casa 4:

É uma posição que pode indicar pessoas mais reservadas, mais ligadas à família, desenvolvendo um sentimento de apego ao lar onde foi criado. 

Lua na Casa 4:

Aqui, a segurança emocional do indivíduo está intimamente ligada aos seus relacionamentos e raízes com seu lar. Busca a sensação de pertencimento, seja no círculo de amigos ou da família. 

Mercúrio na Casa 4:

Costumam ser pessoas que gostam de participar da vida familiar, trocar experiências, conversas e assim ganham destaque nos lugares em que se sentem acolhidos. 

Marte na Casa 4:

Esse posicionamento pode indicar uma certa intensidade nas relações familiares, onde os indivíduos tendem a assumir as decisões de toda a família, adotando um perfil mais controlador.  

Vênus na Casa 4

Indivíduos com essa posição tendem a ser mais caseiros, buscando uma casa confortável e acolhedora para receber os amigos e família, sendo considerados ótimos anfitriões.

Júpiter na Casa 4:

Esse é um aspecto que remete a um lar próspero. Nativos com Júpiter na Casa 4 tendem a ter uma forte influência dos pais no decorrer da vida, já que valorizam os ensinamentos da família. 

Saturno na Casa 4:

Esses nativos tendem a priorizar as relações familiares e a vida em família. Para eles, isso representa segurança. 

Urano na Casa 4:

Indivíduos com esse posicionamento tendem a ser agregadores da família, expondo seus sentimentos de forma mais espontânea e cultivando uma boa relação com os pais. 

Netuno na Casa 4:

Quando na Casa 4, Netuno pode fazer com que o indivíduo projete a construção de uma família perfeita, idealizada. Aqui o que é vivido na infância pode deixar marcas mais profundas. 

Plutão na Casa 4:

Esse aspecto pode fazer com que o indivíduo entenda melhor as necessidades emocionais de seus familiares, sendo visto como o conselheiro em muitos momentos.  

A análise completa do Mapa Astral, com a interpretação das casas astrológicas, signos, planetas, elementos e a forma como todos eles interagem entre si, é fundamental para nossa jornada rumo ao autoconhecimento. Ele traz informações sobre sua personalidade, possibilidades e desafios e é uma ferramenta que nos possibilita refletir sobre decisões e escolhas que teremos ao longo da vida.