meio-do-ceu-virgem

O aprimoramento da rotina

A série sobre os signos no Meio do Céu continua, e aqui vamos falar sobre o Meio do Céu em Virgem, signo cuidadoso e atento, que aprecia a rotina, aprende e se aprimora com ela.

O Meio do Céu é o ponto mais alto localizado no Mapa Astral. Representa onde se quer chegar na vida, assinala os caminhos a serem traçados para o desenvolvimento da carreira profissional e, principalmente, indica o propósito de vida como seres únicos que têm a contribuir com a coletividade.

Que indica qual a carreira que devemos seguir e que vai ao encontro do nosso propósito colaborativo para com o mundo e como indivíduos sociais.

  • Este ponto está associado ao signo de Capricórnio, trabalhador nato, que não mede esforços nem perde o foco para chegar aonde deseja. Pertence ao elemento Terra, que trata da materialidade e de onde extraímos a nossa sobrevivência.
  • O planeta associado é Saturno, que ensina a nos moldarmos às regras de um contexto social, com seus direitos e deveres, dando-nos estrutura para exercermos nosso papel no mundo de forma responsável e ética.
  • A casa associada é a 10, e será nela que teremos a oportunidade de viver situações que nos guiarão rumo ao nosso caminho vocacional, trazendo para a superfície nossas aspirações mais genuínas e autênticas. O acesso à realização de contribuir com o mundo entregando o nosso melhor.

Siga sua leitura e aprenda mais sobre esta posição astral e suas características, o elemento Terra, carreira e propósito de vida e sobre o Fundo do Céu, que é também seu oposto e complementar Peixes.

Caso você não saiba em que signo o seu Meio do Céu está localizado, faça seu Mapa Astral Grátis aqui.

Assista ao vídeo: DINHEIRO E TRABALHO – Dar valor e encontrar seu potencial

Meio do Céu em Virgem

Trabalho bem-feito

Esta posição indica notável capacidade crítica, produtiva, de organização e observação. O trabalho que a pessoa com Meio do Céu em Virgem desenvolve é bem-feito e aprimorado com o passar do tempo.

A rotina e a repetição não são monótonas para quem tem esta configuração no Mapa Astral, pelo contrário, é através delas que refina suas habilidades e obtém resultados cada vez melhores.

Por ter esta veia crítica, acaba se autoanalisando frequentemente. Atitude que, se bem trabalhada e aplicada, leva a um melhor entendimento de si, desenvolvendo assim um autoconhecimento que pode direcionar ao exercício apurado do que faz e ao consequente reconhecimento dele.

Outra qualidade de Virgem nesta posição é a de enxergar e respeitar a importância dos espaços e de quem os ocupa. Um olhar diligente para a relevância de cada etapa de um trabalho para que o mesmo funcione e flua.

Há um entusiasmo com a organicidade dos processos e com quem os executa. É esta a perfeição que o satisfaz, a da natureza agindo em sua simplicidade e funcionalidade.

Meio do Céu no elemento Terra

Produção palpável

O elemento Terra fala da percepção e experimentação do mundo através da materialidade das coisas. Ou seja, é o que experimentamos e percebemos através dos nossos sentidos. O que produzimos de palpável, a viabilidade das coisas e a realização física dos nossos desejos.

O universo do trabalho e da produtividade está muito associado a este elemento, afinal é a terra que nos abastece, garantindo nossa sobrevivência. E o trabalho é a manifestação concreta das nossas capacidades e habilidades.

Este elemento está ligado também à consciência de tempo e espaço, gerando um reconhecimento dos limites e um respeito pela contribuição do outro. Além de uma noção clara da ordem e aplicabilidade das coisas.

Assista também: As potências do elemento Terra no trabalho – TOURO, VIRGEM E CAPRICÓRNIO

Características

  • Organização
  • Crítica
  • Eficiência
  • Perfeccionismo
  • Observação
  • Análise
  • Simplicidade
  • Produtividade

Saiba mais: Signo de Virgem: características – Claudia Lisboa

Carreira e propósito de vida

Aperfeiçoamento cotidiano

A carreira de quem tem esta configuração astral se realiza com sucesso se a sua capacidade de observação e análise forem úteis e reconhecidas. Assim como atividades que exijam organização, afinal, são mestres nesta arte. Organizando não somente a própria vida, mas a daqueles que o cercam. Tendem a sentir-se contentes ao servir.

O trabalho é desenvolvido de forma descomplicada e com atenção. Perfeccionista, não lida bem com falhas, característica que pode ser bem aproveitada para garantir a qualidade de produtos e serviços.

Disciplina e determinação são seu lema, daí o amor pela rotina e pela repetição, que permitem a ponderação e análise de cada parte do processo, que conduzem a um nível superior de conhecimento e entendimento do que faz. Assim, o aperfeiçoamento se torna uma prática cotidiana.

Assista: Trabalho: aprimorar e produzir!

Meio e Fundo do Céu

Sensibilidade como alicerce

O signo oposto e complementar de Virgem é o sensível e profundo signo de Peixes. Esta posição sugere que a base afetiva da pessoa com Meio do Céu em Virgem foi construída a partir da sensibilidade.

Trata-se de alguém que demanda um suporte espiritual e/ou psíquico para sentir a segurança de que será acolhido vida afora. Ou seja, seu núcleo familiar, marcado pelo acolhimento emocional, é o alicerce da sua trajetória profissional.

São as referências subjetivas que vão determinar a construção afetiva, impulsionando o nativo a criar metas para sua vida.

Com esta leitura, é possível concluir que, com o Meio do Céu em Virgem, o indivíduo vê na rotina uma oportunidade de apurar a sua prática. Que o elemento Terra enaltece o trabalho como uma força que permite a materialização de sonhos e desejos. Que a disciplina e a determinação são peças-chaves na construção de uma carreira de sucesso. E que com o Fundo do Céu em Peixes, a sensibilidade estrutura a prosperidade profissional.

Quer saber mais sobre o Meio do Céu? Clique aqui.

Se você ainda não sabe em que signo está o seu Meio do Céu, gere agora mesmo a sua mandala gratuitamente.


Destaques do Blog

Ver todos