2022-ano-novo-astrologico

O início da jornada zodiacal

Diferente do ano novo tradicional do Ocidente, que começa no primeiro dia de janeiro, o Ano Novo Astrológico se inicia em março, quando o Sol entra em Áries, o primeiro signo do Zodíaco.

Neste texto, você vai entender melhor o que é o Ano Novo Astrológico, as energias que cercam esse momento e também ter uma visão geral do céu para 2022, sabendo assim como se organizar para fazer melhor proveito dos movimentos planetários na sua jornada ao longo deste ano, além de entender quais elementos da terra podem atuar como pontos de apoio para uma vivência de mais equilíbrio e conexão.

Assista ao vídeo: Previsões 2022 – O que nos espera no céu do ano novo

O que é o Ano Novo Astrológico

O Ano Novo Astrológico é o momento em que se inicia um novo ciclo zodiacal, com o Sol completando sua volta nos doze signos e chegando novamente em Áries, aquele que representa o início de tudo. Nesse momento temos, inclusive, a chegada de uma nova estação, o Equinócio, que no hemisfério Sul representa o outono e no hemisfério Norte, a primavera.

Esse movimento do Sol estreando em Áries, que acontece no mês de março de cada ano, tem um simbolismo muito grande na astrologia, pois representa um momento de grande renascimento, de renovação mental, física e espiritual.

Assim, é importante que tenhamos consciência do que queremos conquistar no novo ano que se inicia, aproveitando a energia do ano novo astrológico, do elemento Fogo e também a energia do próprio signo de Áries, que é um guerreiro corajoso e cheio de vitalidade. Por isso, vale aproveitar o momento para fazer uma reflexão, pensar no que buscamos para a jornada que se inicia, o que queremos transformar em nossa vida.

Em 2022, o ano novo astrológico começa em 20 de março, às 12h33.

Equinócios e Solstícios

Equinócios e solstícios são fenômenos astronômicos muito citados pela astrologia e é importante conhecermos a diferença entre eles para entender mais claramente o que representa toda a energia do Ano Novo Astrológico.

Os equinócios acontecem quando o Sol está próximo à linha do Equador, iluminando igualmente os dois hemisférios da Terra. É o fenômeno que marca o início do outono e da primavera. Já os solstícios ocorrem quando o Sol, afastado da linha do Equador, ilumina mais um hemisfério do que o outro. Ele marca o início do verão e do inverno.

Por estarem associados ao início das estações do ano, equinócios e solstícios, na astrologia, têm relação com os signos cardinais – Áries, Câncer, Libra e Capricórnio.

Assim, o equinócio de primavera – no hemisfério norte e o equinócio de outono – no hemisfério sul, que ocorre em março e marca o início do Ano Novo Astrológico, acontece em Áries, o primeiro signo do zodíaco, repleto dessa energia do impulso, de ação, de lutar pelo que se quer conquistar.

Assista ao vídeo: Ano Novo Astrológico


Agora que já explicamos no que consiste o ano novo astrológico e sua importância, vamos desenvolver um olhar mais voltado para o ano de 2022, conhecendo as datas mais importantes da Astrologia para o ano.

Eclipses em 2022

Os eclipses são fenômenos intensos que carregam altos níveis de energia. Vistos pelas lentes da Astrologia, são aqueles momentos em que tudo acontece de forma mais rápida, muitas vezes nos dando o empurrão necessário para resolver algo que está pendente ou até mesmo acelerando um acontecimento que já se desenhava em nosso céu.

Entender o que os eclipses representam e saber quando eles irão acontecer é uma boa forma de usar a energia do céu a seu favor.

Este ano teremos quatro eclipses, dois lunares e dois solares, no eixo Touro-Escorpião. Oportunidade para refletirmos sobre a materialidade e a finitude das coisas, apego e desapego.

Confira as datas:

  • 30/04: Eclipse Solar em Touro
  • 16/05: Eclipse Lunar em Escorpião
  • 25/10: Eclipse Solar em Escorpião
  • 08/11: Eclipse Lunar em Touro

Os eclipses solares acontecem na Lua Nova, quando Sol e Lua estão alinhados no mesmo grau. Assim, a Lua passa entre o Sol e a Terra e oculta a luz do Sol por alguns breves minutos. Na Astrologia, a Lua representa nossas emoções, nossos sentimentos, enquanto o Sol nos fala de razão e consciência, nossa energia vital. Portanto, o eclipse solar representa um momento onde pode ser necessário uma maior reflexão e introspecção, tempo de olharmos para dentro para entender o que não nos serve mais.

Já os eclipses lunares acontecem na Lua Cheia. Neles, a Lua fica oculta do céu por alguns minutos pela sombra da Terra. Aqui o Sol prevalece e a Lua se recolhe, ou seja, exatamente o oposto do eclipse solar. Simbolicamente, temos um momento de maior consciência, onde estamos mais aptos a buscar novos caminhos e soluções.

Trânsitos Astrológicos importantes do ano

Além dos eclipses, a Astrologia nos traz, a cada ano, uma série de acontecimentos no céu que devem ser acompanhados com atenção. Os planetas realizam movimentos constantes durante seu percurso zodiacal, movimentos esses que mudam a cada ano.

Por isso dizemos que o céu de uma pessoa nunca é igual. Ele é um no momento do seu nascimento – que representa a figura do Mapa Astral e a cada ano vai mudando. Os planetas se movimentam de acordo com um ritmo próprio. E esses movimentos são chamados de trânsitos astrológicos.

Confira abaixo os principais trânsitos de 2022:

MARÇO

A partir de 6 de março teremos a entrada de Marte em Aquário, ativando a quadratura Saturno-Urano. Já em 12 de março temos a conjunção Vênus e Marte em Aquário, um momento de calma e apreço pelo o que conquistamos no setor romântico e financeiro de nossas vidas.

ABRIL

Em 29 de abril Plutão fica retrógrado, fenômeno que dura cerca de seis meses.

MAIO

De 10 de maio a 2 de junho Mercúrio fica retrógrado em Gêmeos. Além disso, no dia 10 de maio também teremos a entrada de Júpiter em Áries.

JUNHO

No dia 4 deste mês Saturno fica retrógrado e no dia 28 é a vez de Netuno entrar em retrogradação.

JULHO

A partir do dia 28 Júpiter fica retrógrado, indo até 23 de novembro.

AGOSTO

Urano fica retrógrado a partir de 24 de agosto.

SETEMBRO

Dia 9 Mercúrio fica retrógrado novamente, dessa vez em Libra.

OUTUBRO

Júpiter entra em Peixes no dia 28. No dia 22, Sol e Vênus se alinham no céu em Libra, formando uma estrela de 5 pontas, conhecido como “ponto estelar”, trazendo emoções intensas, nossas paixões. Já no dia 30, Marte fica retrógrado.

DEZEMBRO

No dia 20 Júpiter entra em Áries novamente. E ainda para fechar o ano, bem no dia 29, temos Mercúrio retrógrado, desta vez em Capricórnio.

Leia também: Movimento retrógrado – Problema ou oportunidade?

Planetas Lentos: onde eles estarão em 2022

Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão, nesta ordem, são os planetas mais afastados do Sol e da Terra em nosso Sistema Solar e conhecidos como planetas de trânsito lento. São corpos celestes que possuem uma órbita muito grande e levam muito tempo para dar uma volta completa em torno do Sol, diferente de Mercúrio, Vênus e Marte, os chamados planetas pessoais, que possuem órbitas mais curtas e movimentos mais rápidos.

É importante entendermos o movimento dos planetas lentos pois eles nos falam de um contexto mais coletivo, ou seja, efeitos que poderão ser sentidos na sociedade de forma geral e não em uma esfera tão pessoal.

Este ano, no mês de agosto, teremos os cinco planetas lentos em movimento retrógrado. Porém, isso não significa algo ruim, muito pelo contrário. Pode ser um momento justamente de desacelerar um pouco, sair do modo automático em que vivemos para avaliarmos as coisas com mais calma, refletindo sobre valores (Júpiter), responsabilidades (Saturno), mudanças (Urano), sonhos (Netuno) e transformações profundas (Plutão).

Além dos movimentos retrógrados, temos outros pontos importantes dos planetas lentos. Em maio, por exemplo, teremos Júpiter em Áries, fazendo conjunção com Marte, o que representa uma energia mais ativa e de coragem, boa para expandir nossos horizontes. Já em outubro, Júpiter entra em Peixes, simbolizando uma energia mais receptiva, que favorece a união, a compreensão e a empatia.

Analisando um contexto geral, o mês de abril se desenha como muito importante para a Astrologia em 2022. Teremos uma conjunção de Júpiter com Netuno em Peixes e a conjunção de Marte com Saturno em Aquário. E o que essas posições podem representar? O primeiro pode simbolizar tendências coletivas mais voltadas para a fantasia, fuga da realidade e aspectos mais transcendentais. Já o segundo, pode simbolizar momentos de maior polarização e radicalismos, mas também nos fala da necessidade de reestruturação.

Assista ao vídeo: A astrologia prevê o futuro?


Cristais e aromas para os signos

Além do estudo dos movimentos dos corpos celestes pela lente da Astrologia, os recursos da terra também são importantes aliados em nossos processos emocionais e de autoconhecimento. Dessa forma, estabelecer uma conexão com elementos como cristais e óleos essenciais pode ser uma boa forma de encontrar mais equilíbrio e explorar suas potências.

Conheça abaixo as opções de pedras e aromas que combinam com cada signo:

Áries

Pedra: Granada – De cor vermelha intensa, lembra o planeta Marte, regente de Áries. Estimula a autoconfiança.
Aroma: Óleo essencial de Alecrim – Tem função calmante e atua como um escudo de proteção.

Touro

Pedra: Esmeralda. Representa um sopro de esperança, de que não devemos esquecer o prazer ao longo do caminho.
Aroma: Óleo de Rosas – Envolvente, esse aroma nos lembra da importância de se render ao processo.

Gêmeos

Pedra: Turquesa – Representa a capacidade de ouvir o outro e também de se expressar.
Aromas: Hortelã e menta – Remetem ao frescor que faz a mente ventilar.

Câncer

Pedra: Pedra da Lua – Nos lembra a importância de nutrir corpo e alma.
Aroma: Gerânio – Simboliza a conexão com nossos antepassados.

Leão

Pedra: Pirita – Dourada e brilhante como o Sol, ela ajuda a acender o nosso brilho.
Aroma: Óleos cítricos como laranja e tangerina, que são alegres e vibrantes.

Virgem

Pedra: Quartzo verde – Representa a saúde do corpo físico.
Aroma: Vetiver, que nos ancora, puxa para a realidade e Tea Tree, que purifica e limpa tudo que toca.

Libra

Pedra: Quartzo rosa – Simboliza a resistência do amor, do afeto.
Lavanda – Ansiolítico natural, o óleo de lavanda promove a calma e o relaxamento.

Escorpião

Pedras: Malaquita – É a conexão com a nossa profundidade / Ametista – Simboliza a cura espiritual.
Aroma: Patchouli – Combina sensibilidade e intensidade. É a alquimia entre a terra e o céu.

Sagitário

Pedra: Olho de Tigre – Representa o foco, o olhar direcionado.
Aroma: Óleo de capim-limão – Ajuda a despertar a clareza.

Capricórnio

Pedra: Quartzo fumê – Nos coloca nos nossos processos, na nossa realidade.
Aroma: Cedro – representa a estrutura, as raízes, a importância de se conectar com o que importa.

Aquário

Pedras: Amazonita, que representa a fraternidade e Fluorita, que ajuda a transformar padrões de pensamento.
Aroma: Eucalipto – Esse óleo nos ajuda a manter nossa presença, mas aberto às atualizações que a vida nos traz.

Peixes

Pedra: Água marinha – Reforça a coragem e nos faz ter a mente alerta.
Aroma: Sândalo – Ajuda a desenvolver a intuição.

A Astrologia é uma fonte inesgotável que nos ajuda em nossa jornada rumo ao autoconhecimento. Com todas essas informações, é possível viver o Ano Novo Astrológico com mais consciência, aproveitando mais todas as janelas de oportunidades e se preparando melhor para os desafios.

Leia também: Previsões 2022: Saiba como vai ser o ano para cada signo

Você gostaria de aprender mais sobre o seu Mapa Astral?

Encomende o seu Mapa Astral Completo

E se você pudesse conhecer e compreender melhor as suas potências e desafios, podendo explorar seus talentos e desenvolver aspectos não tão fluentes da sua personalidade? O seu Mapa Astral traz tudo isso e muito mais…

Destaques do Blog

Ver todos