4 elementos

Todos nós experimentamos os 4 elementos de maneira constante em nossas vidas. Nos nutrimos e tiramos nosso sustento da TERRA, respiramos, pensamos e trocamos através do AR, geramos ação, movimento e criatividade através do FOGO e sentimos, intuímos e vivemos as emoções através da ÁGUA. Se pensarmos de uma forma objetiva, a interação entre os elementos é necessária para a nossa sobrevivência.

Desde a Antiguidade até os tempos atuais, a Astrologia se utiliza do conceito dos quatro elementos como uma das classificações e divisões entre os signos. Cada um dos elementos reúne características comuns a um determinado grupo de signos.

Mas de onde vem esta classificação? Nos fundamentos da Astrologia Clássica, há uma divisão das quatro qualidades primordiais (quente, frio, seco e úmido) e dos quatro elementos da matéria (fogo, terra, ar e água). A junção entre eles criou os temperamentos (humores) associados a cada elemento.

O humor colérico estava associado ao calor, à vitalidade e à agressividade. O humor melancólico à passividade, a introspecção e a fixação. O humor sanguíneo era associado à sociabilidade e a expressão, enquanto o fleumático à sensibilidade e a adaptabilidade. A partir daí, já começamos a compreender de maneira mais profunda as qualidades dos elementos e os signos associados a eles.

Estes conceitos das tradições clássicas são importantes para compreendermos de onde vem as características de cada elemento e nos permite que, hoje, façamos uma leitura e uma interpretação mais contemporânea dos mesmos. Quanto mais conhecemos o nosso mapa natal mais entendemos quais energias estão em desequilíbrio e temos a possibilidade de trabalhá-las de maneira consciente, nos apropriando de nossas potências.

Vamos identificar a força de cada elemento?

FOGO

Signos: Áries, Leão e Sagitário

É um elemento associado à criatividade, à ação e à impulsividade. Se pensarmos no próprio fogo, suas labaredas estão sempre em movimento e nos aquecendo, mas quando ficam fora de controle, podem gerar incêndios e explosões. Assim é também o temperamento dos signos de fogo que têm, como potência, a coragem, expansão, otimismo, liderança e entusiasmo, mas também qualidades desafiadoras como egoísmo, agressividade, autoritarismo e excesso de ambição. O fogo nos leva além, nos impulsiona e nos dá confiança diante dos desafios da vida. Nos ensina a inspirar e a liderar e, também, a reconhecer nossas potências e que, pode nos levar a atitudes autocentradas, autoritárias e explosivas.

Assista ao vídeo: O Elemento Fogo nas relações e no amor

TERRA

Signos: Touro, Virgem e Capricórnio

É um elemento associado a estabilidade e à praticidade. Se pensarmos na própria terra, é ela que nos sustenta, traz solidez, segurança e estabilidade. Assim também é o temperamento dos signos de terra que têm, como potência a resiliência, paciência, solidez e uma enorme capacidade de produção. Em contrapartida, precisam trabalhar suas qualidades desafiadoras como pessimismo, excesso de rigidez e falta de sensibilidade. O contato com o elemento terra nos proporciona responsabilidade, consciência dos limites e nos conecta de maneira positiva com a realidade da vida. Em desequilíbrio, pode nos deixar excessivamente ligados à matéria, nos desconectando da sensibilidade, das emoções e de uma visão mais ampla e profunda da própria vida.

Assista também: O Elemento Terra nas Relações

AR

Signos: Gêmeos, Libra e Aquário

É um elemento associado ao lado mental, à comunicação, troca e interação social. Compartilhamos o ar que respiramos com todos os seres, portanto estamos em conexão e troca constante, mesmo que de forma inconsciente. O ar em equilíbrio gera uma leve e gostosa brisa, mas em desequilíbrio pode criar um tornado. Assim é o temperamento dos signos deste elemento que compartilham, como potência, a racionalidade, eloquência, rapidez de movimento e, como qualidades desafiadoras, a dispersão, falta de foco, volatilidade e superficialidade em excesso. O ar nos proporciona curiosidade, nos ensina sobre troca e sobre como viver em comunidade. É o elemento que nos ajuda a refletir e a ponderar antes de agir, mas em desequilíbrio nos desconecta da nossa intuição, nos deixa excessivamente racionais, podendo gerar ansiedade e até mesmo dificuldade de criar vínculos.

Assista abaixo: O Elemento Ar nas relações

ÁGUA

Signos: Câncer, Escorpião e Peixes

É um elemento associado ao lado intuitivo, inconsciente, emotivo, ligado às artes, à espiritualidade e aos sentimentos. Quando estamos debaixo d’água não conseguimos respirar e nem falar, perdemos o contorno e até o peso do nosso corpo. A água é também profundamente influenciada pelo meio externo, podendo esfriar, esquentar, ferver ou transbordar. Podemos fazer uma analogia interessante às qualidades que compõem os signos deste elemento, como a imaginação, a sensibilidade a intuição, por exemplo. Como desafio, encontramos a tendência à melancolia, a desconexão com o mundo material e a oscilação emocional. A água limpa, purifica e nos coloca em contato com o que há de mais profundo dentro de nós. Ela nos ajuda a ter empatia e conexão pelas pessoas, a compreender a vida de uma maneira mais ampla e profunda. No entanto, pode nos tirar o contorno, nos isolar e nos deixar reféns das nossas próprias emoções.

Assista ao vídeo: O Elemento água – Nossa dimensão emocional

O mapa de todos nós é composto pela mistura dos quatro elementos. Quanto mais nos apropriamos da luz e da sombra de cada um, melhor usaremos este conhecimento tão incrível e milenar, que é a Astrologia, para o nosso desenvolvimento. Somos únicos, com histórias e processos individuais, mas inseparáveis do universo.

Quer entender melhor como está distribuído os 4 elementos no seu mapa astral? Encomende o seu mapa agora e comece a sua jornada de autoconhecimento.